11 3209 7140 | 11 9 5303 3271 contato@joniaranali.com.br
A saúde é um espelho das emoções – parte 3

A saúde é um espelho das emoções – parte 3

Na  GINECOLOGIA – Certas mulheres transformam emoções em problemas ginecológicos, como, por exemplo, um susto grande pode interromper a menstruação; outras mulheres ficam meses sem menstruar, sem nenhuma razão científica. Até a esterilidade, em mulheres acima dos 35 anos, mas que tem o aparelho reprodutivo perfeito, pode ser causado por medo de não conseguir engravidar. Esse estresse acaba alterando a ovulação, e aí ela não engravida mesmo.

 

Com relação ao câncer de mama, a principal emoção relacionada a esse tipo de câncer é o sentimento de humilhação, e também os nódulos benignos da mama podem aparecer em mulheres que tem dificuldade em lidar com a sua sexualidade.
Não dá mais para negar que algumas emoções atuam como um gatilho para o aparecimento de algumas doenças, segunda as tendências psicológicas e orgânicas de cada indivíduo, pois as pessoas tem seus próprios pontos de menor resistência, onde descarregam suas emoções. A doença é apenas a ponta do iceberg.
Na CARDIOLOGIA – reprimir a raiva propicia as doenças do coração. Há mais de 300 anos, o fisiologista inglês William Harvey já dizia que as emoções interferem no funcionamento do coração. Hoje sabemos que a ansiedade em excesso e os estresses emocionais crônicos são forte componentes das doenças cardiovasculares. O coração doente, é em geral, a expressão de um sofrimento interior. Pessoas competitivas, exigentes consigo próprias, hostis e ansiosas são altamente propensas a ter enfarte.
Na ONCOLOGIA – Pessoas muito deprimidas podem desenvolver o câncer. Filhas de mães que passaram por eventos de vida muito estressantes durante a gravidez, desenvolveram mais câncer de mama. Estados emocionais negativos provocam alterações hormonais que influenciam no surgimento de tumores. Os hormônios enfraquecem o sistema imunológico, favorecendo o aparecimento da doença. Diariamente produzimos milhares de células cancerígenas, que são prontamente aniquiladas pelo sistema de defesa, mas se essa imunidade baixa, as células podem se desenvolver.
Você já ouviu falar no Cora? É um Centro Oncológico de Recuperação e Apoio às pessoas com câncer, e numa pesquisa aí feita verificou-se que 99% das pessoas que por alí passam, relacionaram o aparecimento do câncer a um abalo emocional prévio. Tentar afastar a depressão é fundamental para a recuperação do doente. Aqueles que desistem de lutar e se entregam, contam com chances menores de se curar, ou mesmo de viver por mais tempo. E, na equipe do Cora os psicoterapêutas tem um papel essencial .
“A HISTÓRIA PESSOAL E A BIOGRAFIA FAMILIAR DETERMINAM, NA MAIORIA DAS PESSOAS, A FORMA E A OCASIÃO DE ADOECER”. – SIGMUND FREUD (CRIADOR DA PSICANÁLISE)

 

JONIA RANALI

Deixe uma resposta